Projetos / Gestão de espaços florestais
Voltar
Projeto Piloto - Gestão de Plantas Invasoras - Arga S.João, Caminha

Projeto-piloto - Gestão de Plantas Invasoras - Háquea picante (Hakea sericea) em Arga S.João, Caminha

A Háquea picante (Hakea sericea Schrader) é uma espécie de porte arbustivo ou pequena árvore perene, com agulhas robustas e muitos picantes, originária do sul da Austrália. Em Portugal possui o estatuto de espécie invasora, estando listada no anexo I do Decreto-Lei n.º 565/99, de 21 dezembro. Inicialmente introduzida em Portugal para fins ornamentais e para formação de sebes naturais.

A presença da háquea é notória pelos bosquetes densos e impenetráveis que origina, impedindo o crescimento da vegetação nativa e a utilização dos espaços pela fauna selvagem.

A ACHLI pretende levar a cabo este projeto-piloto que prevê testar tratamentos diferentes em háquea em estados e fases distintas de desenvolvimento (verde e pós-incêndio). O objetivo é testar tratamentos (maioritariamente mecânicos) que sejam replicáveis, eficazes e comportáveis para o controlo de háquea em áreas infestadas. 

O projeto-piloto abrange uma área de 7,40 hectares da Unidade de Baldio de Arga de S. João, inserida no Perímetro Florestal das Serras de Vieira e Monte Crasto. Foi celebrado um acordo entre o ICNF (Instituto da Conservação na Natureza e Florestas), o Conselho Diretivo dos Baldios de Arga S.João e a ACHLI. Ao longo da vigência do acordo será feito o acompanhmento dos tratamentos aplicados e averiguado a resposta da Háquea aos mesmos.  

Direitos de Autor
Conteúdos:

Fotos:



Site:
ACHLI

ACHLI
Duarte Cadete
"Lobos em Portugal", Paulo Caetano e Joaquim Pedro, Editora Má Criação

Ideia CRIATIVA